Terça, 22 de Setembro de 2020
43 99124-9171
Esportes INVESTIGAÇÃO

Jogadores do Figueirense prestam depoimentos à Polícia Civil sobre a invasão e agressões de torcedores

Delegado Paulo Hakim ouve atletas para dar sequência ao inquérito para identificar agressores

10/09/2020 16h06
Por: Redação Fonte: Globo Esporte
Globo Esporte
Globo Esporte

A Polícia Civil ouviu nesta quinta-feira os jogadores do Figueirense para dar sequência ao inquérito e conseguir identificar os responsáveis pela invasão ao estádio Orlando Scarpelli e agressões ao elenco, em Florianópolis, na tarde do último sábado, quando um grupo torcedores interrompeu o treinamento do time profissional.

Os jogadores chegaram à Delegacia do Continente por volta das 10 horas, mas entraram por um acesso reservado para que a imagem deles fosse preservada, uma vez que muitos ainda relatam ameaças através de mensagens nas redes sociais. Não foi informado o número de atletas presentes no local, mas o grupo foi acompanhado por uma assistente jurídica disponibilizada pelo Figueirense.

O delegado Paulo Hakim, acompanhado de um promotor do Ministério Público de Santa Catarina, colheu os relatos dos atletas. Eles confirmaram as agressões e também o lançamento de fogos de artifício, conforme imagens do dia da invasão já mostraram. Ninguém foi preso até as 14h (de Brasília) desta quinta-feira.

A Polícia Civil também está analisando imagens cedidas pelo Figueirense e que mostram a invasão. O inquérito policial apura o crime de lesão corporal, ameaça, danos e por promover tumultos em estádio de futebol. No momento do ocorrido, 34 jogadores estavam treinando. A assessoria de imprensa do Figueirense informou que houve feridos leves, mas que os mesmos foram tratados pelo departamento médico. Ao menos cinco atletas sofreram danos físicos – um deles com corte no supercílio.

O Figueirense vai proibir faixas e bandeiras das torcidas organizadas no Orlando Scarpelli até que os fatos sejam esclarecidos, O clube emitiu nota oficial onde "repudia de forma veemente os lamentáveis fatos ocorridos" e afirma que "resultados esportivos ou problemas administrativos de qualquer natureza não justificam qualquer tipo de atitude que ameace a integridade física dos atletas e profissionais de comissão técnica".

Entenda o caso

O estádio Orlando Scarpelli foi invadido na tarde de sábado, por volta das 15h, por cerca de 40 torcedores do Figueirense com identificações da principal torcida organizada do clube. No momento, 34 jogadores estavam treinando.

A invasão ocorreu após torcedores derrubarem o portão 8 do estádio. Na chegada ao gramado, eles soltaram rojões em direção aos jogadores que realizavam o trabalho regenerativo sob o comando de Elano, um dia após a derrota por 1 a 0 para o Paraná, pela Série B. O treinador, através de sua assessoria de imprensa, disse que "prefere não se manifestar sobre o ocorrido".

A Polícia Militar foi chamada, mas, ao chegar ao estádio, o grupo de torcedores já havia deixado o local. A diretoria do clube se reuniu para alinhar quais providências jurídicas serão encaminhadas. O Boletim de Ocorrência foi registrado no início da noite de sábado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santo Antônio da Platina - PR
Atualizado às 23h23 - Fonte: Climatempo
16°
Poucas nuvens

Mín. 13° Máx. 25°

16° Sensação
24 km/h Vento
72.6% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Quinta (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens