Supermercado Real POP UP 2
Lettech 970x90
LUIZINHO AR CONDICIONADO 970X90
S.A.PLATINA

Série de assaltos volta a provocar pânico em Santo Antônio da Platina

Delegado diz que a Polícia Civil está sucateada, mas trabalha incessantemente para elucidar os crimes e prender os criminosos

06/08/2019 20h28
Por: Redação
Fonte: Luiz Guilherme Bannwart
Delegado Rafael Guimarães - Foto: Antônio de Picolli - Arquivo
Delegado Rafael Guimarães - Foto: Antônio de Picolli - Arquivo

Nova onda de assaltos em Santo Antônio da Platina está provocando pânico nos moradores. Os roubos tiveram início no começo de julho e, desde então, ocorrem com frequência no município, tendo como alvo dos marginais: motociclistas, supermercados, postos de combustíveis e o comércio de forma geral. Na maioria dos casos os bandidos agem com violência e emprego de arma de fogo para intimidar as vítimas, que temem por tragédias em consequência das ações violentas dos marginais.

Na noite de segunda-feira (5) mais um supermercado foi assaltado pelos criminosos, outra vez o Luzitano, na rua Antônio de Castro Vilas Boas, Vila Ribeiro, distante algumas quadras do Supermercado Real, que há poucas semanas também foi alvo dos assaltantes que, durante o roubo atiraram a esmo, cujo disparo, por sorte, não acertou os clientes e funcionários que se encontravam no local.

Conforme a polícia, as duas motocicletas usadas pelos bandidos no assalto ao Supermercado Real haviam sido furtada e tomada de assalto dias antes do crime e também utilizadas pela quadrilha em outras ações criminosas registradas na cidade.

Uma delas foi encontrada abandonada na tarde seguinte, na periferia do município, enquanto a outra motocicleta foi recuperada dias depois em uma casa no Conjunto José Afonso, usada como ‘QG’ dos assaltantes para esconder armas, dinheiro e objetos roubados.

De acordo com o delegado Rafael Guimarães, as polícias militar e civil tem atuado em conjunto no combate à criminalidade no município. O titular da 38ª Delegacia Regional de Polícia disse que os criminosos integram uma mesma quadrilha já identificada pelos organismos de segurança, mas que o Poder Judiciário, no início das investigações, entendeu não haver elementos probatórios suficientes que justificassem a prisão dos suspeitos. “Tivemos autorização da Justiça apenas para cumprir dois mandados de busca e apreensão na casa de dois dos suspeitos, onde em um dos endereços encontramos um capacete usado em um dos assaltos e um celular com conteúdo que indicam a participação dos investigados nos crimes. Contudo, o aparelho foi enviado para perícia para comprovar o que apontaram as investigações e isso demanda bastante tempo”, lamenta.

Ainda conforme o delegado, a quadrilha agiu em pelo menos quatro assaltos na cidade. Além dos supermercados já citados, os criminosos também roubaram a loja Isabela Presentes e a Casa do Doce, cujos valores levados pelos bandidos não foram informados. “Eu já havia pedido a internação de um adolescente de 14 anos envolvido nos assaltos, que na noite de segunda-feira (5) acabou detido pela Polícia Militar por participação no roubo ao Luzitano. Um rapaz de 19 anos, preso na mesma ação da PM pelo crime de receptação, também é um dos integrantes da quadrilha, cujos demais membros já foram identificados e podem ser presos a qualquer momento”, complementa.

Polícia Sucateada

Guimarães entende a preocupação dos moradores, mas pede um pouco mais de paciência salientando que, apesar das deficiências nos organismos de segurança, os crimes estão sendo esclarecidos e os responsáveis presos. “A população está coberta de razão em cobrar, mas é preciso ponderar que a Polícia Civil está sucateada e sem estrutura e atenção por parte do Estado para atender suas atribuições da melhor maneira possível”, assinala.

O delegado destaca ainda que a Polícia Civil tem outros crimes que precisa investigar como: tráfico de drogas, violência contra mulher e abusos sexuais contra crianças. “Infelizmente o município tem apenas um delegado, com um investigador disponível por plantão, que durante grande parte do dia dedica seu tempo às necessidades de presos como: audiências de custódia e de instrução processual, atendimento médico e transferências para outras unidades prisionais. Isso não é atribuição da Polícia Civil”, reclama. “Somente a título de comparação, o município tem quatro juízes e quatro promotores de Justiça para atender uma população de 45 mil habitantes”, observa.

O titular da 38ª Delegacia Regional de Polícia, entretanto, avalia como positivo os resultados dos trabalhos desenvolvidos em conjunto com a Polícia Militar. “Esclarecemos todos os casos de furtos recentes ocorridos na cidade e os criminosos estão presos. Também identificamos o responsável pelo ‘golpe do pacote’ (com dinheiro falso), que há poucos dias vitimou um morador que havia acabado de receber sua rescisão trabalhista na Caixa Econômica Federal. O apoio da Polícia Militar tem sido muito importante, mesmo com a falta de recursos humanos na Polícia Civil. Dentro do possível estamos trabalhando incansavelmente para garantir segurança e ordem pública à população platinense”, conclui Guimarães.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Santo Antônio da Platina - PR
Atualizado às 10h31
25°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 18°
25°

Sensação

16.4 km/h

Vento

47.7%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ademir Imóveis 300x600
Cinema Caffe 300x600
TOCA LANCHES
Foto Valdir
Rodoviário Afonso 300x250
Lettech 300x250
CINEMA CAFFE 300x250
RM AR CONDICIONADO
Blogs e colunas
SICOOB
CDS 300x250
Foto Valdir
PIPELINE PISCINAS
Últimas notícias
LUIZINHO AR CONDICIONADO 300X250
SCHMIDT MOTOS 300x250
Mais lidas
NEFERSON 300x250 NOTÍCIAS
Óptica Visão
Supermercado Real 300x250 nas notícias
AUTOAR REVISORA 300x250
CENTRO AUTOMOTIVO BEIRA RIO 300x250 INTERNA