Supermercado Real POP UP 2
LUIZINHO AR CONDICIONADO 970X90
Lettech 970x90
COOPERATIVA

Produtores de Carlópolis exportam goiaba para Portugal

Acordo foi fechado após encontro internacional, ocorrido em julho, que trouxe compradores para a cidade

08/08/2019 19h33
Por: Redação
A primeira exportação será de 560 quilos do fruto, que deverá chegar na próxima semana na Europa - Divulgação
A primeira exportação será de 560 quilos do fruto, que deverá chegar na próxima semana na Europa - Divulgação

Produtores da Cooperativa Agroindustrial de Carlópolis (COAC) comemoram a efetivação da primeira venda de goiabas para a Europa. Os primeiros pallets, com 560 quilos do fruto, sairão na próxima semana de Carlópolis, localizada no norte pioneiro do Paraná, com destino a Portugal. A venda é resultado do 1º Encontro Internacional para Exportação de Hortifruti do Norte Pioneiro do Paraná, ocorrido no dia 31 de julho, que reuniu produtores e compradores na cidade.

Carlópolis produz goiaba durante todos os meses do ano, graças ao sistema de poda total. O município é o maior produtor da fruta no Paraná e um dos maiores do Brasil. Segundo a Emater, cerca de 390 hectares são usados para o cultivo na área limitada pela indicação de procedência e o potencial de produção é de 23 mil toneladas por ano em condições de clima normais.

João Victor Bovo, responsável pelas exportações da FG frutas, empresa que levará os frutos para Portugal, explica que foi atraído a Carlópolis pela fama do município e pelo selo Global G.A.P, obtido pela cooperativa de produtores no início do ano. “Na cidade pude comprovar a qualidade das produções, das frutas e o cooperativismo existente, outro detalhe que me chamou atenção foi o dinamismo e comprometimento dos produtores”, diz.

O comprador também explicou que esta primeira venda servirá como uma amostra para que empresários de Portugal conheçam os frutos. “A expectativa é que possamos estabelecer um contrato permanente com a COAC e depois expandir a quantidade da carga e de compradores”, complementa.

Amostras dos frutos também foram enviados para o Canadá por meio de uma exportadora de Salvador (BA), que também esteve no Encontro Internacional. As prospecções realizadas durante o evento são resultado de um projeto maior, idealizado pelo Sebrae/PR e realizado pelos produtores, outras entidades e a Prefeitura Municipal de Carlópolis.

Em quase quatro anos de atividades, o grupo de produtores foi estimulado a trabalhar por meio do associativismo, em estilo de associação e mais tarde como cooperativa. Foram estudados e implantados padrões de qualidade que deram início à busca por certificações. A primeira delas foi o registro de indicação geográfica (IG), concedido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) em 2016. Depois, em fevereiro deste ano, o grupo conquistou o selo Global G.A.P, uma certificação internacional que abre as portas do mercado exterior para a exportação da fruta.

O consultor do Sebrae/PR, Odemir Capello, recorda que em todos estes anos, identificou no grupo de produtores o anseio e o comprometimento em elevar os patamares de qualidade com foco na comercialização da fruta para o mercado nacional e internacional. “Encontramos em Carlópolis condições climáticas favoráveis associadas a um grupo de produtores interessados em melhorar seu trabalho e crescer. O envio destas primeiras cargas para outros países é a conclusão de que estamos trabalhando no caminho certo, de que as ações promovidas pelas entidades e produtores foram assertivas”, conclui.

Comemoração

A produtora rural Inês Sato Sasaki trabalha no campo há mais de 20 anos. Ela conta que em 2016, ano em que o Sebrae/PR apresentou o projeto para a profissionalização do cultivo e a busca pela IG, ela ainda não plantava goiabas.

“Acreditei naquela proposta porque tinha confiança de que produtos certificados e que o trabalho cooperado são mais eficientes e têm mais chances de conquistar novos mercados. Plantei meus primeiros pés e abracei a iniciativa. Estou muito feliz com a exportação, é a realização de um sonho, uma alegria imensa. Sou grata ao Sebrae/PR, à Prefeitura e a todas as entidades que nos ajudaram”, frisa Inês.

Noriak Akanatsu, produtor e presidente da COAC, também comemora a venda para a Europa e destaca que o negócio foi fechado graças a presença do comprador in loco, nas propriedades, o que permitiu a comprovação do compromisso com a qualidade na produção.

“Estamos em ritmo de comemoração. Entendemos que esta oportunidade de exportação poderá reduzir o excesso de goiaba no mercado interno, que atualmente sofre com a alta produção e preço abaixo do custo. Juntos podemos competir melhor e trabalhar para que todos possam crescer ainda mais”, afirma o presidente da COAC.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Santo Antônio da Platina - PR
Atualizado às 14h30
25°
Poucas nuvens Máxima: 26° - Mínima: 11°
25°

Sensação

17.2 km/h

Vento

36.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
Cinema Caffe 300x600
Foto Valdir
JE LEILÕES ANDIRÁ
Ademir Imóveis 300x600
CINEMA CAFFE 300x250
RM AR CONDICIONADO
Rodoviário Afonso 300x250
JE LEILÕES ANDIRÁ
Lettech 300x250
Foto Valdir
CDS 300x250
SICOOB
PIPELINE PISCINAS
Últimas notícias
SCHMIDT MOTOS 300x250
LUIZINHO AR CONDICIONADO 300X250
Mais lidas
NEFERSON 300x250 NOTÍCIAS
Supermercado Real 300x250 nas notícias
Óptica Visão
CENTRO AUTOMOTIVO BEIRA RIO 300x250 INTERNA
AUTOAR REVISORA 300x250