Supermercado Real POP UP 2
Lettech 970x90
LUIZINHO AR CONDICIONADO 970X90
BRASILEIRÃO

Em jogo polêmico, Athletico é derrotado de virada pelo Botafogo no Engenhão

Partida teve polêmica envolvendo o VAR e Furacão foi superado por 2 a 1 no Rio de Janeiro

12/08/2019 08h30
Por: Redação
Fonte: Banda B
Furacão foi superado de virada pelo Botafogo (IDE GOMES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)
Furacão foi superado de virada pelo Botafogo (IDE GOMES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

O Athletico chegou a sair na frente, mas foi derrotado pelo Botafogo, de virada, por 2 a 1, na tarde deste domingo (11), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, em duelo marcado por polêmicas com o árbitro de vídeo. Com o revés, Furacão perde a sequência de vitórias fora de casa no Brasileirão.

A equipe teve uma formação completamente reserva. Após a conquista da Levain Cup/Conmebol Sul-Americana, no Japão, o técnico Tiago Nunes mandou os reservas em campo e poupou os titulares de olho no confronto com o Grêmio, no meio da próxima semana, pela Copa do Brasil.

O duelo pela semifinal da competição acontece na próxima quarta-feira (14), às 21h30, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Pelo Brasileirão, o time enfrenta o Atlético-MG, no sábado (17), às 19h, na Arena da Baixada.

O jogo

Mesmo com o time reserva, o Athletico se impôs e foi superior no primeiro tempo. Comandado pelo atacante Thonny Anderson, o time paranaense pressionou o Botafogo desde os minutos iniciais de partida. Em menos de cinco minutos, o camisa 38 teve duas boas chances, uma pelo solo e outra pelo alto, assustando o goleiro Gatito Fernández.

A boa atuação do atacante rubro-negro foi coroada aos 15 minutos, com o primeiro gol do jogo. Após cobrança de falta na área, a bola desviou na marcação botafoguense e sobrou nos pés de Thonny Anderson, que bateu na saída do arqueiro e abriu o placar.

Com a vantagem no placar, o Furacão diminuiu o ritmo e viu o Alvinegro crescer em busca do empate. Aos 18, Marcelo Benevenuto desviou cobrança de escanteio e mandou por cima. Mas, aos 30, o gol finalmente saiu. A bola foi levantada na área, o goleiro Caio saiu mal e Luiz Fernando ficou com o gol aberto para igualar o duelo. Pouco depois, aos 33, por pouco o time carioca não virou, em cabeceio de Joel Carli que carimbou o travessão.

Mesmo que com menos intensidade, o Furacão seguiu superior no início da segunda etapa. Com poucas chances para ambos os lados, o Rubro-Negro assustou, aos dez minutos, em cabeceio de Léo Cittadini que passou perto do travessão.

Mas o Botafogo aos poucos começou a assumir o controle do jogo. Primeiro, aos 13, chegou com Luiz Fernando e o goleiro Caio defendeu. Aos 15, Joel Carli marcou após cobrança de escanteio, mas o gol da virada foi anulado após consulta ao VAR, por conta de um toque de mão do jogador alvinegro.

Tanto o time carioca buscou que, aos 30 minutos, o crescimento foi coroado com o gol da vitória. Lucas Campos invadiu a área e foi derrubado por Pedro Henrique. O árbitro consultou o vídeo e marcou pênalti, que Diego Souza converteu e marcou o gol da vitória do Botafogo.

Os rubro-negros ainda ficaram na bronca por um pênalti não marcado pelo árbitro Douglas Marques das Flores, no lateral-direito Madson, aos 54 do segundo tempo.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2X1 ATHLETICO

Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão), Rio de Janeiro (RJ).
Data: Domingo, 11 de agosto de 2019.
Horário: 16h.
Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP).
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP).
Árbitro de vídeo: Márcio Henrique de Gois (SP).
Assistentes de VAR: Salim Fende Chavez (SP) e Herman Brumel Vani (SP).

Botafogo: Gatito Fernández; Marcinho, Joel Carli, Marcelo Benevenuto (Kanu) e Gilson; João Paulo, Cícero, Gustavo Bochecha (Jean) e Luiz Fernando; Rodrigo Pimpão (Lucas Campos) e Diego Souza.
Técnico: Gustavo Barroca.

Athletico: Caio; Madson, Lucas Halter, Pedro Henrique e Abner Vinícius; Matheus Rossetto, Léo Cittadini (Pedrinho), Lucho González (Erick) e Tomás Andrade (Vitinho); Braian Romero e Thonny Anderson.
Técnico: Tiago Nunes.

Gols: Thonny Anderson (CAP) aos 15′ e Luiz Fernando (BOT) aos 30′ do primeiro tempo; Diego Souza [de pênalti] (BOT) aos 30′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: João Paulo, Cícero e Rodrigo Pimpão (BOT).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Santo Antônio da Platina - PR
Atualizado às 14h30
25°
Poucas nuvens Máxima: 26° - Mínima: 11°
25°

Sensação

17.2 km/h

Vento

36.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ademir Imóveis 300x600
Foto Valdir
JE LEILÕES ANDIRÁ
Cinema Caffe 300x600
JE LEILÕES ANDIRÁ
Rodoviário Afonso 300x250
Lettech 300x250
RM AR CONDICIONADO
CINEMA CAFFE 300x250
PIPELINE PISCINAS
Foto Valdir
CDS 300x250
SICOOB
Últimas notícias
SCHMIDT MOTOS 300x250
LUIZINHO AR CONDICIONADO 300X250
Mais lidas
Supermercado Real 300x250 nas notícias
NEFERSON 300x250 NOTÍCIAS
Óptica Visão
AUTOAR REVISORA 300x250
CENTRO AUTOMOTIVO BEIRA RIO 300x250 INTERNA