LUIZINHO AR CONDICIONADO 970X90
Lettech 970x90
POLÍTICA

Marina Silva: Sinal para quem desmata hoje é ‘desmate que o governo garante’

Ex-ministra ressaltou que a crise atual tem gerado grave prejuízo diplomático, comercial e ambiental para o país

09/09/2019 18h18
Por: Redação
Fonte: Estadão Conteúdo
Reprodução
Reprodução

A ex-ministra do Meio Ambiente e candidata à Presidência da República nas últimas eleições Marina Silva comentou nesta segunda-feira, 9, a crise ambiental que afetou o País no último mês. Segundo ela, a comoção internacional gerada, sobretudo na Europa, é um reflexo de uma falta de interesse por parte do governo brasileiro em proteger a Amazônia. “Talvez seja proporcional ao descaso nacional em termos de política pública”, disse durante Exame Fórum 2019.

Marina ressaltou que a crise atual tem gerado grave prejuízo diplomático, comercial e ambiental para o país e para os acordos internacionais que o Brasil quer finalizar.

Ela destacou que vê a situação atual com “tristeza profunda e indignação”. Para a ex-ministra, o Brasil tem voltado à condição de “vilão” ambiental, papel que havia revertido na década de 90. E criticou os sinais dados pelo governo Bolsonaro e pelas pessoas ligadas a ele, que poderiam endossar o comportamento de quem desmata e invade terra pública.

“Quando o governo diz que vai acabar com a indústria da multa, está desqualificando o trabalho do Ibama e ICMBio, quando tirou o serviço florestal e colocou no Ministério da Agricultura, quando o senador Flávio (Bolsonaro) assina projeto de lei acabando com a reserva legal, quando manda projeto para o Congresso dizendo que vai ter mineração em terra indígena. Isso tudo são sinais para que as pessoas que já têm na veia essa coisa de ocupar a terra pública. Se antes era “plante, que o João garante, agora é desmate, que o governo garante”, disse.

Ela defendeu que há formas de fazer uma transição, dentro do Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento, para um desenvolvimento sustentável. Segundo ela, junto a um grupo de ex-ministros do Meio Ambiente, entregou documento ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para atualizar e recuperar o plano “para que se enfrente de forma estrutural e não com propaganda” o problema ambiental.

Marina criticou a forma como o ambientalismo tem sido relacionado à esquerda: “Meio ambiente não é coisa de esquerda, direita, centro, lado de cima, é coisa de ser humano. É um novo padrão civilizatório e isso deve estar internalizado nas políticas públicas e nas empresas”, disse.

Ela destacou que vários governos anteriores foram pressionados para voltar atrás em políticas ambientais, citando Lula e Fernando Henrique Cardoso. Segundo ela, é necessário haver um endossamento por parte da equipe técnica do governo e da sociedade para que o presidente endosse tais políticas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Santo Antônio da Platina - PR
Atualizado às 05h16
19°
Poucas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 19°
19°

Sensação

12.5 km/h

Vento

52.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
Foto Valdir
Cinema Caffe 300x600
Ademir Imóveis 300x600
JE LEILÕES ANDIRÁ
Rodoviário Afonso 300x250
JE LEILÕES ANDIRÁ
CINEMA CAFFE 300x250
RM AR CONDICIONADO
Lettech 300x250
PIPELINE PISCINAS
SICOOB
Foto Valdir
CDS 300x250
Últimas notícias
SCHMIDT MOTOS 300x250
LUIZINHO AR CONDICIONADO 300X250
Mais lidas
Óptica Visão
Supermercado Real 300x250 nas notícias
NEFERSON 300x250 NOTÍCIAS
AUTOAR REVISORA 300x250
CENTRO AUTOMOTIVO BEIRA RIO 300x250 INTERNA