Quinta, 28 de Maio de 2020
43 99124-9171
Policial S.A.PLATINA

Preso suspeito de envolvimento no assassinato de Cacá

Carlos Alberto Padilha da Silva, o Cacá, foi morto a tiros no dia 15 de setembro, no centro da cidade

01/11/2019 19h53 Atualizada há 7 meses
Por: Redação
Carlos Alberto Padilha foi morto a tiros no dia 15 de setembro - Arquivo pessoal
Carlos Alberto Padilha foi morto a tiros no dia 15 de setembro - Arquivo pessoal

Após 46 dias de investigação, a Polícia Civil chegou ao nome de um dos suspeitos de envolvimento no assassinato de Carlos Alberto Padilha da Silva, o Cacá, ocorrido no dia 15 de setembro, em Santo Antônio da Platina. O investigado estava com mandado de prisão temporária decretada pela justiça e foi preso na tarde desta sexta-feira (1º), na Vila Ribeiro, pela equipe do delegado Rafael Guimarães, com apoio da Polícia Militar.

O titular da 38ª Delegacia Regional de Polícia, no entanto, não revelou a identidade do suspeito e detalhes sobre o caso para não atrapalhar a conclusão das investigações, limitando-se em dizer que na casa do investigado foram encontrados 372 gramas de maconha, dois pés de maconha, uma balança de precisão e R$ 672 em dinheiro. Além do suspeito, uma mulher que também estava na casa foi presa pelo crime de tráfico de drogas.

O CRIME

Cacá foi assassinado no portão de sua casa na rua deputado Benedito Lúcio Machado, pouco depois do meio-dia. O atirador usou uma pistola para praticar o crime. Cinco tiros acertaram a vítima, que morreu no local antes da chegada das equipes de resgate. A ação foi gravada por câmeras de segurança.

HOMICÍDIO

Carlos Alberto Padilha da Silva, o ‘Cacá’, havia sido denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) pelo crime de homicídio qualificado, porém, foi absolvido pelo Tribunal do Júri da comarca de Santo Antônio da Platina no dia 26 de junho de 2018.

Segundo o Ministério Público, na madrugada do dia 6 de fevereiro de 2017 ‘Cacá’ e Rodrigo Martins, o ‘Nonô’, assassinaram Fabiano Gonçalves em sua casa, na rua Santos Dumont, na Vila Ribeiro, em Santo Antônio da Platina. Acompanhados por outras duas pessoas não identificadas pela polícia, em duas motocicletas, os acusados efetuaram 25 disparos de arma de fogo contra a vítima, que foi atingida por cinco tiros e morreu no local.

Para o MP, Fabiano Gonçalves foi assassinado em razão da disputa pelo controle do tráfico de drogas na cidade, pois estava alinhado a rivais de ‘Nonô’ no município, entre eles Michael Patrick Sanches, o ‘Cenoura’.

Segundo a Polícia Civil, a disputa pelo tráfico de drogas envolvendo ‘Cacá’, ‘Nonô’ e ‘Cenoura’ motivou ao menos quatro assassinatos na cidade no início de 2017.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (29/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Sábado (30/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °