Terça, 02 de Junho de 2020
43 99124-9171
Tecnologia TECNOLOGIA

Governo amplia oferta de crédito a projetos inovadores

Instituto de Tecnologia do Paraná e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) firmaram um acordo de cooperação técnica que permite dar apoio a empreendimentos instalados dentro da Incubadora Tecnológica do Tecpar (Intec)

26/11/2019 15h19
Por: Redação Fonte: Da Agência Estadual
Foto: AEN
Foto: AEN

Em busca da consolidação de uma cadeia moderna e produtiva em todo o Estado, o Governo do Paraná ampliou o acesso a crédito voltado a projetos inovadores. O Instituto de Tecnologia do Paraná e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) firmaram um acordo de cooperação técnica que permite dar apoio a empreendimentos instalados dentro da Incubadora Tecnológica do Tecpar (Intec).

O termo foi assinado nesta terça-feira (26) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, pelo diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, e pelo diretor de Operações do BRDE, Wilson Bley Lipski, durante reunião do secretariado, no Palácio Iguaçu.

“Queremos facilitar o crédito para permitir que boas ideias saiam do papel, criando uma grande corrente de inovação que se espalhe pelo Estado inteiro”, afirmou Ratinho Junior. “Essa cooperação técnica reforça a preocupação do governo em transformar o Paraná no Estado mais inovador do País”, completou.

O acordo prevê o desenvolvimento de ações conjuntas para concretizar o apoio a crédito para empresas inovadoras, por meio da avaliação do mérito tecnológico e de inovação de projetos e de enquadramento para as linhas de financiamento disponíveis.

FUNCIONAMENTO – A ideia é que o Tecpar seja capacitado para poder validar projetos que atendam aos requisitos de financiamento do BRDE, tornando-se interveniente das empresas incubadas no acesso a crédito voltado a projetos inovadores.

Callado explicou que caberá à Intec chancelar o mérito tecnológico e de inovação do projeto. A partir disso, a empresa passa a ter um encaminhamento mais ágil ao financiamento junto ao BRDE. “Muitas vezes o empresário tem dificuldade em enquadrar seu projeto nas linhas de financiamento das instituições financeiras. Queremos, com esse acordo, oferecer um apoio extra aos incubados”, destacou.

INOVA – O acordo entre as duas instituições prevê que os incubados terão acesso prioritário ao Programa de Fomento à Inovação – BRDE Inova, que tem como objetivo fortalecer a atuação do BRDE no segmento de inovação no ambiente produtivo.

De acordo com diretor de Operações do BRDE, a iniciativa atende a um pedido do governador para que o banco proporcione condições para ampliar a geração de emprego e renda no Paraná por meio de projetos inovadores. Lipski ressaltou que parte dos R$ 300 milhões separados pelo banco para ser aplicados no Estado serão destinados justamente a projetos que integram o BRDE Inova.

“O BRDE é o maior repassador de linhas de inovação do Brasil, mesmo trabalhando apenas nos três estados do Sul. Queremos levar as linhas de financiamento para que o Paraná se transforme de fato no Estado mais moderno do Brasil, com o banco atrelado à estratégia do governo”, afirmou o diretor.

Atualmente, cinco empresas passam pelo programa da Intec, com o desenvolvimento de tecnologias em diversas áreas: Compracam, Forrest Brasil Tecnologia, Toys for Boys – Chemistry Automotive, Bley Energias e IJP.

INTEC – Criada em 1989 para estimular a geração e instalação de empresas de base tecnológica no Paraná, a Intec foi a primeira incubadora do Estado com este perfil. Ao longo de sua história, já deu suporte a mais de 100 negócios inovadores.

Atualmente a incubadora oferece vagas de incubação nas modalidades residente e não residente para empresas de Curitiba, Araucária, Jacarezinho e outras cidades que compõem o Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro: Santo Antônio da Platina, Bandeirantes, Andirá e Cambará.

DETRAN – Também durante a reunião do secretariado nesta terça-feira (26), o diretor-geral do Detran Paraná, Coronel César Kogut, apresentou um balanço do ano de 2019, com destaque para a redução dos gastos e a ampliação do programa de sinalização viária. Os gastos caíram de R$ 434 milhões em 2018 para R$ 354 milhões neste ano. A sinalização viária foi expandida para mais 68 municípios, com investimentos de R$ 10 milhões. A previsão, informou Kogut, é investir R$ 15,3 milhões nesta área, em 2020.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (03/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (04/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °