Supermercado Real POP UP 2
LUIZINHO AR CONDICIONADO 970X90
Lettech 970x90
FALTA DE PROVAS

Júri absolve acusado de homicídio em Santo Antônio da Platina

Keoma Augusto Oliveira de Souza foi denunciado à Justiça pela morte de Vagner Ferreira Brito, em maio de 2018

03/12/2019 20h02Atualizado há 4 dias
Por: Redação
Fonte: Luiz Bannwart com Junior Queiroz
Keoma Augusto Oliveira de Souza foi absolvido da acusação de homicídio por falta de provas - Foto: Junior Queiroz
Keoma Augusto Oliveira de Souza foi absolvido da acusação de homicídio por falta de provas - Foto: Junior Queiroz

Keoma Augusto Oliveira de Souza, denunciado pelo Ministério Público Estadual (MP-PR) à Justiça pela autoria da morte de Vagner Ferreira Brito, em maio de 2018, em Santo Antônio da Platina, foi absolvido pelo Tribunal do Júri na manhã desta terça-feira (3), por falta provas no processo.

Conforme a denúncia do MP-PR, no dia 19 de maio de 2018, por volta das 20h50, no cruzamento das ruas Iris de Oliveira e Noé Alves dos Santos, no bairro Popular Velha, em Santo Antônio da Platina/PR, o réu Keoma Augusto Oliveira de Souza, agindo com consciência, matou a vítima Vagner Ferreira Brito efetuando, contra ele, seis disparos de arma de fogo (objeto não apreendido).

De acordo com a investigação policial, o crime foi cometido mediante

dissimulação, emboscada e recurso que dificultou a defesa da vítima, tendo em vista, segundo a denúncia, que Keoma a atraiu até o local do crime, passando-se por uma pessoa de nome “Ariane”, sob a justificativa de que pretendia marcar um encontro.

O Ministério Público salienta que o réu agiu por motivo torpe, pois admitiu que conhecia a vítima em virtude de terem o mesmo fornecedor de drogas na cidade de Andirá/PR, demonstrando conflito de interesses entre denunciado e vítima, no que diz respeito a condutas ilícitas relacionadas uso e tráfico de drogas.

Contudo, o promotor de Justiça Bruno Figueiredo Cachoeira Dantas defendeu a tese de negativa de autoria por falta de provas contra o réu. “O compromisso do Ministério Público do Paraná é sempre com as provas colhidas nos autos e a partir do nosso entendimento, que é formado por convicção e não por conveniência. O conjunto probatório dos autos deixava dúvidas se realmente o réu foi o autor do crime, por isso a tese do Ministério Público foi de negativa de autoria e não de absolvição pura e simples”, justificou o representante do MP. 

A advogada Angélica Rodrigues Alves disse que prevaleceu tese da defesa. “Ficou comprovado que não havia provas que justificassem de fato o envolvimento do Keoma na morte do Vagner. Fazer justiça não é encarcerar qualquer um, tratar seres humanos como bodes expiatórios. Então em decorrência disso, o corpo de jurados, muito bem representado, reconheceu que o réu não era o autor dessa tragédia que aconteceu no município no dia 19 de maio do ano passado”, assinalou.

A sentença foi lida por volta do meio-dia pela juíza Marcella de Lourdes de Oliveira Ribeiro Mansano.

 

  • Júri absolve acusado de homicídio em Santo Antônio da Platina
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Santo Antônio da Platina - PR
Atualizado às 15h38
17°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 17°
17°

Sensação

9.3 km/h

Vento

34.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ademir Imóveis 300x600
TOCA LANCHES
Cinema Caffe 300x600
Foto Valdir
Lettech 300x250
Rodoviário Afonso 300x250
RM AR CONDICIONADO
WhatsApp Tá no Site
CINEMA CAFFE 300x250
KANOA TROPICAL HOTEL
Blogs e colunas
Foto Valdir
CDS 300x250
SICOOB
PIPELINE PISCINAS
Últimas notícias
SCHMIDT MOTOS 300x250
LUIZINHO AR CONDICIONADO 300X250
Mais lidas
NEFERSON 300x250 NOTÍCIAS
Supermercado Real 300x250 nas notícias
Óptica Visão
AUTOAR REVISORA 300x250
CENTRO AUTOMOTIVO BEIRA RIO 300x250 INTERNA