Supermercado Real POP UP 2
Lettech 970x90
LUIZINHO AR CONDICIONADO 970X90
REF ADMINISTRATIVA

Novo instituto fortalece sistema estadual de agricultura

Reforma busca tornar a agricultura paranaense cada vez mais competitiva

10/01/2020 18h29
Por: Redação
Fonte: Da Agência Estadual
O objetivo é tornar a agropecuária paranaense cada vez mais competitiva
O objetivo é tornar a agropecuária paranaense cada vez mais competitiva

O sistema estadual de agricultura foi reestruturado com o objetivo de tornar a agropecuária paranaense cada vez mais competitiva e garantir a redução da desigualdade no meio rural. A Lei 20.121/19, sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior, autorizou a criação do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater.

O novo órgão é uma junção, a partir da incorporação do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) e Centro Paranaense de Referência de Agroecologia (CPRA) pelo Instituto Agropecuário do Paraná (Iapar).

Eles deixam de existir como instituições autônomas, formando uma única entidade vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento. “A essência de cada uma está preservada nessa instituição única, que fortalecerá o desenvolvimento rural do Paraná”, afirma o secretário Norberto Ortigara. A iniciativa faz parte da reforma administrativa realizada pelo governo Ratinho Junior.

“Integrados em um mesmo corpo, será possível prestar serviço de pesquisa e experimentação agrícola, de assistência técnica e extensão rural, de fomento no meio rural e de expansão da base de agroecologia para a produção de alimentos de alta qualidade de forma mais ágil e eficiente”, completa.

INTEGRAÇÃO - O presidente do novo instituto, Natalino Avance de Souza, destacou a necessidade de se melhorar a qualidade de entrega de serviços para os agricultores e para a sociedade, particularmente nos municípios menores do Estado. “Nosso primeiro princípio é a aproximação, a integração, o fazer junto, queremos ouvir mais a sociedade”, afirmou.

O plano de ação prevê a constituição de conselhos consultivos mesorregionais e estaduais, com participação do Estado e da iniciativa privada. “Eles serão uma estrutura de governança para discutir em cada canto do Estado as necessidades, expectativas e projetos, e como materializarmos isso que a sociedade está pedindo para nós”, disse.

Segundo Souza, uma das metas é o trabalho integrado de pesquisa, extensão, agroecologia e fomento entre os setores público e privado, com participação efetiva da área acadêmica. “O novo instituto não é só junção de entidades, é uma mudança de paradigma”, ressaltou. “Estamos trazendo para o instituto a pesquisa aplicada, feita na propriedade do agricultor que recebe assistência técnica da Emater e que agora vai receber assistência técnica do instituto, composto por pesquisadores e por extensionista, cada um fazendo o seu papel.” Além do impulso que a união de forças dará às inovações técnico-científicas no meio rural.

De acordo o presidente do novo instituto, o Paraná é o principal Estado agrícola do Brasil, tem produção excelente, mas ainda comporta muitos desequilíbrios, com pobreza no campo, erosão voltando a afligir os agricultores e constantes críticas em razão do uso excessivo de agrotóxico. “Nós estamos nascendo nesse signo, precisamos nos ocupar com isso”, acentuou. “Temos a grande oportunidade de redesenhar a forma de contribuir para solidificar ainda mais a agricultura do Paraná.”

PESSOAL - A legislação estabelece que a sede do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná ficará em Curitiba e as diretorias com atribuições ligadas à área de pesquisa e inovação, integração institucional e gestão de negócios, em Londrina. A entidade inicia os trabalhos com 1817 funcionários.

Há previsão de ampliação do quadro a partir do lançamento de um Programa de Demissão Voluntária (PDV) para servidores celetistas, abrindo-se a possibilidade para a contratação de pesquisadores e extensionistas. Segundo o presidente do órgão, a economia inicial com a unificação das quatro entidades é de 40% nos cargos em comissão e de 28% em despesas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Santo Antônio da Platina - PR
Atualizado às 18h21
28°
Poucas nuvens Máxima: 28° - Mínima: 16°
28°

Sensação

12.3 km/h

Vento

45.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Cinema Caffe 300x600
Foto Valdir
Ademir Imóveis 300x600
TOCA LANCHES
CINEMA CAFFE 300x250
RM AR CONDICIONADO
WhatsApp Tá no Site Notícias
Rodoviário Afonso 300x250
Lettech 300x250
Blogs e colunas
CDS 300x250
WhatsApp Tá no Site
SICOOB
KANOA TROPICAL HOTEL
Foto Valdir
PIPELINE PISCINAS
Últimas notícias
SCHMIDT MOTOS 300x250
LUIZINHO AR CONDICIONADO 300X250
Mais lidas
NEFERSON 300x250 NOTÍCIAS
Óptica Visão
Supermercado Real 300x250 nas notícias
AUTOAR REVISORA 300x250
CENTRO AUTOMOTIVO BEIRA RIO 300x250 INTERNA