Sábado, 19 de Setembro de 2020
43 99124-9171
Geral ARTIGO

Um grande cidadão athleticano

Nesta fria manhã de outono marquei com o Dr. Paulo Francisco de Freitas para conhecer um pouco da sua biografia...

27/05/2020 11h46
Por: Redação Fonte: João Neto
Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Por João Neto

Nesta fria manhã de outono marquei com o Dr. Paulo Francisco de Freitas para conhecer um pouco da sua biografia, o tão respeitável cidadão platinense Paulinho da Upe. Sinceramente, se eu ficar escrevendo seu currículo e suas virtudes pessoais, profissionais e familiares teria que gastar páginas e páginas de um imaginário caderno de centenas de folhas.

Vou resumir sua biografia: Dr. Paulo é advogado, casado com Dona Denise, pai do Paulo Eduardo e da Ivana e avô do Heitor, Laura, Luíza e Cecília. É católico, foi funcionário do Banco do Brasil, Presidente da AABB por cinco anos, vereador, Presidente da Upe Clube de Campo por 10 anos. Atualmente mantém uma franquia da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Assim como eu - ou como você - Paulinho de Freitas também tem seu time do coração: é athleticano, desde quando o Athlético era Atlético Paranaense e não era nem a primeira força do futebol do estado, portanto, não diga que Dr. Paulo é torcedor modinha, não é.

Dr. Paulo, desde sempre athleticano, viveu grandes aventuras pra ver seu Athlético jogar. Muitas vezes embarcou no ônibus da Princesa do Norte, em Santo Antônio da Platina, para assistir o Furacão no Estádio Joaquim Américo ou outro estádio qualquer da capital paranaense. Na região, solitariamente, viu o Athlético jogar contra o Matsubara, Nove de Julho, Platinense, Londrina, União Bandeirantes, Arapongas e Grêmio Maringá. Sua paixão superou o limite do ponderável, muitas vezes era uma das poucas camisas rubro-negras presente nos estádios por onde andou.

O clube vivia um grande jejum de títulos, assim como, passava por uma terrível crise financeira, mesmo diante das adversidades a torcida jamais abandonou o Athlético, até aumentou a massa de torcedores em números relativos.

Nessa mesma época a delegação do Athlético passou por nossa cidade, Santo Antônio da Platina, para cumprir compromisso na região, pelo Campeonato Paranaense. Pararam para almoçar no melhor restaurante da época, à beira da BR-153. Restaurante esse que o Dr. Paulo frequentava assiduamente.

Cerca um mês depois, ao chegar no referido restaurante para almoçar, Dr. Paulo foi surpreendido ao avistar o cheque do Athlético colado no guichê do caixa, exposto ao lado de outros cheques que foram devolvidos por insuficiência de fundos. Aquela cena foi pior que um tapa na cara do Dr. Paulo Francisco de Freitas, ele, ofendido, pensou em deixar de ser freguês do estabelecimento, mas Dr. Paulo fez diferente, por mais de quatro meses, incomodado com o cheque exposto, tentou negociar a dívida do cheque com o proprietário, até que o comerciante cedeu e Dr. Paulo acabou comprando o cheque, na verdade, ele não suportava mais ver o nome de sua paixão exposto de maneira tão vexatória.

Qual torcedor faria isso?

Depois desse período difícil, em 1995, exatamente há 25 anos, assumiu a gestão do Clube Athlético Paranaense o Advogado Dr. Mário Celso Petraglia, o homem que fez uma verdadeira revolução na administração, alavancando um gigantesco salto no patamar do clube.

Voltando ao Dr. Paulo, entre outras loucuras pelo Furacão, ele comprou de uma só vez diversas camisas do Athlético, simplesmente para presentear amigos. Nesse mesmo dia, perto de um posto de combustíveis numa rodovia de Foz do Iguaçu, avistou um andarilho à beira da estrada, vestido com uma camisa de outro time, toda rasgada. Ele parou o carro e ofereceu ao cidadão uma camisa novinha do Athlético, o sujeito aceitou na hora, jogou a camisa velha e rasgada num tambor de lixo ali por perto.

Hoje, além de membro do Conselho Deliberativo do Athlético é também um dos Embaixadores do clube, em resumo, dá pra imaginar a satisfação do Dr. Paulo ao ver o gigante que se transformou o seu Athlético, seguramente o Furacão está entre os ‘Top Five’ do futebol brasileiro.

Até em La Bombonera Paulinho esteve, acompanhado de amigos, para assistir o Furacão pela Copa Libertadores da América, contra o Boca Juniors. Bombonera que Dr. Paulo e Dona Denise estiveram visitando tempos depois.

O torcedor Paulinho de Freitas tem uma coleção de mais de 150 camisas e souvenirs do Athlético. Toda família Freitas é atheticana. Os aniversários em sua casa são festejados com ornamentação temática do Clube Athlético Paranaense, sempre.

Nesta fria manhã de outono fui conversar com o cidadão Paulo Francisco de Freitas, acabei conversando com UM GRANDE CIDADÃO ATHLETICANO.

Uma grande história de amor se vive assim!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santo Antônio da Platina - PR
Atualizado às 00h07 - Fonte: Climatempo
22°
Muitas nuvens

Mín. 18° Máx. 33°

22° Sensação
11.7 km/h Vento
45.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (20/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Segunda (21/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens